Peeling

O peeling trata manchas, olheiras e também ajuda a combater rugas e flacidez.

Peeling de Cristal

O peeling de cristal, também conhecido como microdermoabrasão com cristais, é uma técnica de esfoliação não-cirúrgica, que consiste em jatos de microcristais de hidróxido de alumínio com uma ponteira específica. O procedimento não requer anestesia local ou sedação do paciente, por ser superficial e praticamente indolor. É ideal para peles fotoenvelhecidas, com cicatrizes superficiais pós-acne, melasmas, melanoses solares, rugas finas, estrias superficiais, entre outras indicações. O rosto ganha uma textura macia e delicada.

Peeling de Diamante

Consiste em uma microdermoabrasão superficial por meio de uma ponteira de diamante conectada a um aparelho de vácuo, que desliza sobre a pele e a comprime contra o diamante, fazendo a esfoliação, removendo células mortas e impurezas da pele.

Peeling Químico

É quando uma substância química, normalmente algum tipo de ácido, é aplicada sobre a pele com a finalidade de estimular uma descamação. O ácido retinóico é um composto derivado da vitamina A, que após aplicado à pele, penetra nas células da epiderme e da derme ativando o seu metabolismo.
Na epiderme ele causa uma descamação, que melhora a textura e espessura da pele, desobstrui os poros e diminui a oleosidade.
Na derme ele ativa os fibroblastos, que são células que atuam na produção de colágeno e elastina, substâncias essenciais na sustentação e elasticidade da pele.
Como o ácido retinóico atua tanto na epiderme quanto na derme, ele tem uma gama variada de indicações:

  • Acne;
  • Tratamento de manchas na pele e melasma;
  • Tratamento de oleosidade da pele;
  • Rejuvenescimento da pele;
  • Rugas finas;
  • Estrias.